Minha experiência com henna – Parte 1

Na época pós-entrega da dissertação, após muito tempo embarangando pela falta de tempo para me cuidar, eu queria fazer algo diferente no cabelo além do corte. Eu ia comprar um tonalizante para dar uma escurecida no meu cabelo desbotado, mas aí vi uma caixa de henna e bateu a curiosidade de testar. Comprei a henna da marca Weleda, essa daqui:

Fonte da imagem: loja virtual Weleda

Essa é a natural, vem só o extrato da planta (Lawsonia inermis)  em pó. Promessas: tratar, dar brilho e reflexos avermelhados. A embalagem vem com 60g, em dois saches grandinhos de 30 g. Eu nunca usei henna e não entendi se era para usar o sachê de uma vez, achei que seria muito para meu cabelo médio e usei só metade.

Aliás, deixe-me criticar as instruções. Tá lá escrito que é para misturar com água quente até formar uma pastinha, sendo sugerida a proporção de duas partes de henna para 8 de água. Eu só li o 8 partes de água e achei demais, só após a segunda aplicação que vi que era para duas partes de henna. Distração à parte, eu achei estranho escreverem “2 partes de hennas para oito de água” ao invés de “uma parte de henna para 4 de água”. Isso não tem sentido, a não ser que seja para utilizar os dois sachês de uma vez. Porém, como já disse, não tenho a mínima idéia de quanto era para usar e usei só meio sachê, o que proporcionaria um volume equivalente ao que eu costumo usar de tonalizante. Também, lendo as intruções, não entendi se era para usar com o cabelo molhado ou seco.

Como havia lido a proporção errada e vi que daquele jeito não daria certo, preparei a pasta no olhômetro. Só que não ficou bem uma pasta, era um chá fortíssimo com um monte de material sólido particulado em suspensão. Pasta, em minha concepção, teria de ser uma fase homogênea, com certa liga, não era bem isso o que eu tinha. Misturei o máximo que minha paciência permitiu. Fiquei um bom tempo olhando aquele coisa na minha frente sem saber como aplicar (pincel? mão?).

Nas instruções diz que pode misturar com uma colher de iogurte se o cabelo for fraco e sem brilho. Na esperança de ter algum resultado diferente, joguei a tal colher de iogurte. Como esperado, não mudou a textura.

Enfim, comecei aplicando com o pincel. O processo foi meio lento porque tinha que tomar muito cuidado para não ficar pingando aquele chá/”pasta”. A parte em que eu apliquei primeiro começou a secar, o cabelo ia ficando duro e eu não tinha terminado de aplicar. Passei então a usar as próprias mãos para aplicar, molhando o cabelo que ia secando. Diz nas intruções que é para passar na raíz e espalhar com um pente para o resto dos cabelos, mas o cabelo ficou tão duro que não ousei usar o pente. Esse negócio de secar rápido é um saco, porque não pode mais mexer no cabelo que começa a cair um monte de pó no chão. Após muito tempo, terminei de aplicar e o banheiro estava com o chão cheio de pó.

Produto aplicado, dei mais uma umedecida geral na cabeleira, coloquei touca e fui cuidar da vida. Nas instruções, consta o tempo de atuação de uma a 2 horas. Como eu só queria dar brilho, deixei o tempo mínimo. Após uma hora, tirei a touca e meu cabelo estava super duro. Fui para debaixo do chuveiro, não parava de sair aquela água suja e o cabelo continuava embaraçado. Só após o shampoo e condicionador, com a eliminação de todo o material sólido, a situação melhorou.

Após a secagem, fui conferir o resultado: meu cabelo estava meio duro, a alteração de brilho não foi muito perceptível e os reflexos avermelhados imperceptíveis. Tudo bem que meu cabelo é naturalmente castanho escuro, mas, como disse, ele estava bem desbotado de sol. Com aquele alerta na embalagem falando do perigo do produto ser usado em cabelos brancos/grisalhos por deixar uma coloração avermelhada intensa, sei lá, eu esperava mais.

Por mim não usaria mais, porém, eu ainda tinha um sachê e meio do produto e não ia jogar fora. Após 3 meses, voltei a utilizá-lo de um modo diferente, conforme detalharei na parte 2.

Anúncios

Sobre Vanessa

Engenheira química, paulista, 27 anos, apaixonada por cosméticos e maquiagens. Acredita que conhecimento nunca é demais e que as pessoas deveriam ser mais críticas com as informações que recebem.
Esse post foi publicado em cabelos, fail e marcado , , . Guardar link permanente.

9 respostas para Minha experiência com henna – Parte 1

  1. Andreax disse:

    Você errou do começo ao fim, quem usa henna precisa se informar muito antes de usar. Tem sites ótimos explicando tudo, henna é uma coisa manhosa de se usar e cheia de malandragens que os fabricantes não mencionam, não é um produto para todos. Caso resolva tentar novamente, leia os sites hennaforhair, curlynikky e outros.

  2. Vanessa disse:

    Como você faz para aplicar?

  3. BLOJER disse:

    entrando no meio da conversa, eu comprava a henna em pó.. cheguei a usar a creme, mas achei q escurecia demais e não colocava o tom q eu queria (na época eu só usava a henna, e meu cabelo loiro escuro chegou a ficar castanho escuro, estranhei pra caramba…) ps: eu não usava a vermelha, eu comprava a cobre da marca himalaya

    eu misturava o pó com água fervente, fazia aquela nhaca e espremia ainda o suco de 3 limões… (dia seguinte usar boné, por precaução)…

    lavava o cabelo, não passava creme.. daí penteava e separava em mechas, e ia aplicando a lama (sério, a henna em pó tem um resultado melhor em termos de cor e brilho, mas eh uma argila) e espalhando com a mão (sempre usar luva pra não manchar). Nem pense em usar pente enquanto faz isso, a não ser q vc não tenha amor aos seus fios

    feito isso, eu fazia um coque e ficava com a henna agindo durante umas duas horas, qdo não mais… pra tirar eh um suplício, muita água, e paciência… e um bom creme, senão vai fazer nó… deixava o creme por uns 10 min, e enxaguáva..

    como meu cabelo era de base clara, a cor ficava bem bonita… só parei de usar pq uma vez usei a vermelho e o cabelo escureceu demais e não consegui me adaptar… e nem voltar na cor anterior…

    mas tipo, o brilho era incrível, e dava uma enxugada no meu couro super oleoso…

    se vc chegar a ler isso e quiser ver como meu cabelo era antes da henna e com a henna, eu posso te mandar foto…

    mas realmente no começo eh mais macete mesmo… depois pega o jeito… boa sorte se for tentar de novo

  4. Vanessa disse:

    Oi Blojer, obrigada pelo depoimento. Esse aspecto “lama” é o mais chato da aplicação mesmo. Se quiser mandar a foto, manda pro e-mail do blog, pontodiscrepante@gmail.com, fiquei curiosa em ver o antes e depois.
    Beijos!

  5. BLOJER disse:

    mandei 3 fotos… desculpa a má qualidade delas, mas foram as q tavam mais a mão… hehehehehe…

  6. Line disse:

    Oi Vanessa,
    Obrigada por linkar os posts do meu blog, tomara que seja útil, fico com dó do tanto que o henna é incompreendida nesse mundo. rsrsrs
    Beijo

  7. Rose disse:

    Eu já usei a Weleda. Como meu cabelo é 30% branco a cor ficava ótima… mais ou menos um ruivo achocolatado. As pessoas elogiavam. Só que os 'prós' não eram páreo para os 'contras', ou seja, a dificuldade de passar no cabelo, a maçaroca que fica caindo e o pior de todos: o cheiro. Eu ficava com receio de que as pessoas (quando viessem me dar um beijinho de cumprimento) sentissem. Mas devo dizer que o resultado era bom sim.

  8. Vanessa disse:

    Oi Rose!
    eu acho o resultado da henna muito bonito em quem tem poucos fios brancos, minha mãe usava a da Surya e o resultado era semelhante a reflexos avermelhados. O chato da Weleda e todas essas outras que são henna pura (e não uma mistura como as da Surya creme) é a aplicação e o cheiro mesmo, não fossem esses fatores eu talvez até me animasse a usá-la de novo.
    Beijos

  9. shirlei pangardi disse:

    ja usei gostava muito e a uns 2 anos eu parei de usar ,e agora queria voltar a usar mais tenho medo por causa da progressiva que fis

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s