Minha experiência com Henna – Parte 2

A parte 1 se encontra aqui.  Resumindo: comprei a henna natural da Weleda e não fui muito feliz na primeira aplicação. Só cheguei a usar 1/4 do total da embalagem (ou meio sachê). Para não jogar fora, resolvi que faria outra tentativa assim que desse coragem.

Após 3 meses desde a primeira aplicação frustrada, resolvi dar mais uma chance para a henna que eu havia adquirido. Uma olhada rápida pela internet e vejo que muita gente adora esse mesmo produto. Tudo bem que a maioria são os naturebas que acham que tudo que é natural é melhor, teoria que tem muitas falhas, mas achei que valia a pena testá-la de novo, pois o resultado em algumas fotos me parecia bonito.

Aplicação: 

Utilizei a mesma quantidade de produto que da primeira vez. Buscando evitar o cabelo duro da primeira vez, joguei uma tampa de bepantol líquido antes de jogar a água. Fiz a mistura com um pouco mais de água que da outra vez, visando a uma maior facilidade de espalhar o produto e adiar a secagem dele. Como disse, logo que começa a secar, inevitavelmente começa a cair um monte de pó no chão.

Vale lembrar também que a embalagem dá a entender que ao misturar a água você terá uma pastinha. Porém, se utilizar só agua, como na instrução,o que você tem é uma supensão, vulgo, uma fase líquida e outra de particulado sólido, não fica homogêneo. Novamente, foi um saaaaaaaaaco ficar espalhando aquela suspensão no cabelo todo, além da dificuldade em ter certeza se a aplicação está uniforme.

Desta vez, resolvi deixar o produto no cabelo por duas horas e meia ao invés de apenas uma hora. Na hora de enxaguar, novamente aquela dificuldade em eliminar todo o material particulado do cabelo. Passei o xampu duas vezes e continuava produto no cabelo. Ao invés de usar condicionador normal, usei uma máscara de tratamento da Avon, uma de 3 minutos da linha Advanced Tecniques. Após o enxágue dela, finalmente consegui eliminar todas as partículas sólidas da henna.

Resultados e conclusões

Após secagem dos cabelos, o e o resultado final foi: reflexos avermelhados discretos mas bem mais acentuados que na primeira vez, cabelo levemente escurecido, brilhante, sem frizz e macio. Gostei bastante do resultado, me supreendi. Só não gostei do cheiro de chá, impossível de ser eliminado e que permanece no cabelo por um longo tempo.

Porém, o único resultado que posso creditar à henna, com certeza, foi o escurecimento do cabelo e o reflexo avermelhado. Não sei até que ponto o bepantol ajudou (acho ótimo eliminador de frizz) e foi a primeira vez que utilizei esta máscara da Avon. Na verdade, já havia utilizado a versão antiga dela e era muito boa, porém, depois que mudou de embalagem (e de fórmula?) nunca havia testado e ainda não sei seu resultado isoladamente.

Se a primeira tentativa pudesse ser considerada como “branco”, apesar do tempo reduzido, eu creditaria a maciez, brilho e eliminação de frizz ao Bepantol líquido e à máscara da Avon, porque não vi isso na primeira tentativa.

Sugestões de trabalhos futuros

Ainda sobrou um sachê inteiro. Apesar de ter gostado do resultado desse jeito que foi feito, me dá uma deprê só de pensar na aplicação, nada prática. Resolvi dar uma busca mais detalhada na internet para ver como o pessoal usa a henna em pó.

Pra começar, vi uma mulher que tem o cabelo menor que o meu e usa uma quantidade bem maior de produto do que eu, mas eu realmente não acho que seja necessário tanto. Aparentemente, quase ninguém usa só com água. O pessoal faz várias misturas, todas naturebas. Algumas usam mel e leite em pó e realmente se obtém uma pasta, o que creio que deva facilitar a aplicação. Mas misturam tanta coisa, como podem alegar que o resultado é por causa da hennna?

Farei o teste com alguma dessas misturas naturebas, mas fica para as partes 3 e 4, quando eu tiver ânimo para utilizar o produto de novo. Se alguém tiver alguma sugestão que facilite a vida, aceito.

Por ora, não sei se volto a comprar esse produto de novo. Porque passar um Richesse ou outro tonalizante  é infinitamente mais prático e tem mais opções. No entanto, sempre noto um leve ressecamento dias após a aplicação, o que não ocorre com a henna.

***********

Atualização (27/02/2013)

Teve gente que adora henna e não gostou de eu ter falado mal, mas eu não tenho culpa se não tive uma experiência ruim seguindo as instruções do fabricante. Apenas narrei uma experiência pessoal, que é a intenção do blog.

A intenção de ter comentários abertos é trocar idéias. Ao invés de achar ruim minha opinião e mandar um comentário grosso ou um e-mail me ofendendo (sim, recebi dois desse naipe por causa dos posts), por que, ao invés disso, não compartilha nos comentários a maneira como você prepara e aplica a henna? Não acho que um único post neste blog seria capaz de queimar a reputação do produto, havendo tantos posts de gente que usa e adora. Ninguém de bom senso deveria tomar como verdade uma única opinião, o ideal é ver opiniões diferentes e formar a própria.

Eu fiz esse post e o anterior para mostrar as dificuldades que tive e que quase não vejo ninguém comentar. Acho importante a pessoa que nunca usou henna ter idéia das dificuldades que pode encontrar e também para que saiba que do jeito que eu fiz (que as amantes da henna meteram o pau) não é o melhor.

Eu não tenho má vontade com a henna (apenas duas experiências não muito felizes), e por isso compartilho aqui as dicas que a fofa da leitora Juliana me mandou no e-mail (ela tentou colocar no comentário, mas não conseguiu). Além de um dica bacana de onde comprar henna natural boa e bem mais barata que da Weleda, ela diz que passou pelos mesmos problemas iniciais que eu passei mas conseguiu descobrir uma maneira melhor de preparar a Henna usando apenas a mistura água + henna. Segue o depoimento dela:

“Eu uso henna há 2 anos. Quando comecei a usar, também foi uma bagunça geral. Eu usava a da Welleda, mas agora uso uma mais barata  e igualmente pura:

http://www.casadaindia.com/catalogsearch/result/?q=henna

Tenho MUUUUUUUUUITA alergia a tinturas, só a henna não me dá alergia.

Faço o seguinte: coloco uma medida de um copo de cachaça de henna em um recipiente de louça. Vou adicionando água bem quente até começar a formar uma pasta. Bato com a batedeira até ficar bem homogêneo, caso precise adiciono mais água. Não uso medida de água, vou no olhômetro mesmo. Gosto da pasta mais pra líquida, pois facilita para passar. Passo no cabelo seco e sujo (2 dias sem lavar), por orientação da dermatologista, já que a oleosidade natural protege o couro cabeludo. Uso sempre luvas, comprei uma caixa com aquelas descartáveis. Aplico com um pincel bem grosso, começando pelas raízes. Depois de passar no cabelo todo, faço um coque e enrolo com filme plástico. Espero 2 horas e lavo. Primeiro tento tirar tudo com água, depois uso um shampoo anti-resíduo e passo uma máscara hidratante.

Meus cabelos ficam super hidratados, macios e brilhantes. Os fios brancos ficam vermelhos. Eu adoro.”

 Eu não vou usar a dica tão em breve porque não ando com o interesse de modificar a cor do meu cabelo para tons vermelhos, mas espero que as dicas ajudem alguém.

Anúncios

Sobre Vanessa

Engenheira química, paulista, 27 anos, apaixonada por cosméticos e maquiagens. Acredita que conhecimento nunca é demais e que as pessoas deveriam ser mais críticas com as informações que recebem.
Esse post foi publicado em cabelos e marcado , , . Guardar link permanente.

23 respostas para Minha experiência com Henna – Parte 2

  1. Henna é mesmo pouco prática porém traz vantagens bem legais a longo prazo, estou usando a uns 7 meses e meu cabelo nunca esteve melhor. O caso é tem vários macetes para aplicar. Ah não leve em consideração esses comentários de que reage com químicas e etc. Para mim q gosto de ser ruiva é uma alegria pois não desbota.

  2. Vanessa disse:

    Esse negócio de incompatibilidade com outras químicas deve ser quando não se usa a henna natural e sim a misturada, só a erva não faria sentido nenhum.Eu acho que Henna vale mais para quem quer ser ruiva, como no seu caso. Eu, apesar da experiência, ainda prefiro manter meu cabelo próximo do tom natural dele ou mais escuro e fazer tratamento com óleos para mantê-los saudáveis.

  3. Realmente é mais vantajoso para ruivas, mas se quiser saber mais tem um blog legal sobre isso que é o hennablogspotpontocom, que pertence a dona de uma loja online americana. Tem dicas legais sobre cabelos em geral muito embora ele seja meio natureza demais as vezes. PS Não tenho nenhuma ligação com o blog citado. Bjs,Adorei o blog!

  4. Vanessa disse:

    Gostei do site, a moça é bem natureba mas tem várias dicas boas. Ela fala bastante do indigo para escurecer ou amenizar o vermelho, fiquei interessada em testar mas não achei nenhuma informação sobre a venda dele no Brasil.A loja virtual dela é interessante. Além desse Índigo, fiquei bem interessada nos sabonetes e óleos para o cabelo. Se eles entregarem no Brasil, talvez eu faça alguma comprinha no futuro.

  5. Oi Vanessa, eles entregam no Brasil sim e eventualmente fazem promoções tipo: compre o sabão x e ganhe frete grátis, compro sempre lá

  6. Eles entregam no Brasil sim, demora um pouquinho pra chegar mas sempre veio tudo direitinho.

  7. Vanessa disse:

    Legal saber disso, vou ficar de olho para ver se pego uma dessas promoções.:)

  8. Particular disse:

    Vanessa: índigo é anil, daquele que a vovó usava para dar um azulado nas roupas brancas.Para cabelos mais pretos e menos desbotados, use violeta genciana.Amei o blog, parabéns!

  9. Vanessa disse:

    Oi Particular, obrigada!Esse anil natural é difícil de encontrar, o que eu vejo muito é um industrializado que não se parece com aquele que é usado no cabelo.Ah, desculpe pela demora em responder (nem sei se vc vai chegar a ler isso), mas esse final de ano tá uma loucura e eu até esqueço que tenho blog.Beijos

  10. lzc disse:

    http://www.mehandi.com/shop/hennahow.pdf
    vanessa, use o sachê todo da welleda, e a minha dica é botar a mistura num recipiente de plástico com bico (tem em loja de cosméticos ou farmácias) e cortar a ponta do bico pra ficar maior, daí uso como tonalizante, fica bem mais prático. como tenho cabelo fino e oleoso, alguns brancos, o resultado é muito bom. espero ter ajudado a vc e outras…

  11. Vanessa disse:

    Oi lzc, obrigada pela dica! Eu estou curtindo meu cabelo natural por enquanto, mas espero que ajude outras pessoas. Achei bem interessante esse pdf que você indicou, até deixei salvo para consultas futuras.
    Beijos!

  12. Valeria Souza disse:

    Oi meninas.
    Dá pra misturar pó de café pra ficar mais escuro? Li isso na internet

    • Line disse:

      Valéria, tem gente que usa o café (coado bem forte) como líquido para diluir a henna e ficar um tom mais puxado para o castanho mas os relatos que vi o café desbota rápido.
      Nunca vi relatos de usar o pó.

  13. Vanessa disse:

    Oi Valéria,

    já cheguei a ler isso também mas nunca tentei, então prefiro não opinar. O pessoal nesses sites estrangeiros costumar usar índigo na mistura com henna para escurecer, mas é difícil de encontrar no Brasil, quem usa no Brasil importa desses sites estrangeiros que vendem henna e outros produtos naturais.
    A Line, cujo blog eu indiquei ao final do post é mais bem informada do que eu nessas misturas de henna, talvez seja interessante perguntar a ela ou ver se ela já não escreveu algo a respeito.

    Beijos

  14. Line disse:

    Caramba Vanessa, como tem gente ignorante nesse mundo! Você relata sua experiência com maior boa vontade e ainda vem gente te ofender? Ninguém merece.

    • Vanessa disse:

      Hoje em dia, qualquer coisa é motivo para as pessoas se ofenderem. Você critica um produto e a pessoa que é fã dele considera como ofensa pessoal, é meio bizarro mas vi varias vezes e com vários produtos. Com a facilidade e anonimato da internet é mais fácil ainda para as pessoas liberarem seus monstrinhos internos. Triste.

  15. Floco disse:

    Realmente a aplicação da henna é pouco prática pela questão de secar rápido e endurecer mesmo. A primeira aplicação pra mim foi sofrida porque foi no cabelo inteiro, agora nem tanto porque só faço o retoque de raiz, e no comprimento eu misturo a henna com o yamasterol amarelo só pra dar um brilho. Nada de sofrência tão cedo hahahaha, mas a sofrência da primeira aplicação valeu a pena, porque eu gostei MUITO do resultado. Primeiro que eu queria ficar ruiva, segundo que tratou muito meu cabelo, ficou mais forte, deu uma encorpada. Você pode misturar com algum creme para fazer uma aplicação menos sofrida 🙂

  16. Marcela Martins disse:

    Adorei! Muito legal o fato de você ter contado sua experiência e ter colocado as sugestões da outra moça. Obrigada!

  17. Lidia disse:

    A Henna da Weleda, é a única 100% pura, porisso pode ser usada tanto por pessoas alérgicas, como por grávidas. O efeito nos cabelos grisalhos (como os meus), é de reflexos acobreados (não vermelho), muito bonito, que não desbota NUNCA. O segredo da aplicação é esquecer as misturas naturebas (ninguém precisa sofrer) e misturar com um bom creme de tratamento branco. Assim, a mistura fica cremosa e muito fácil de aplicar, até mais fácil que a tinta, pois você pode deixar no cabelo o tempo que desejar, sem se preocupar com o tempo de pausa. O resultado final, são lindos reflexos no branco, como se fossem luzes feitas no salão. Como a henna não desbota, não precisa fazer retoque todos os meses, como com as tintas, basta reaplicar a cada três meses no cabelo inteiro. Uma caixa de henna Weleda dá para um ano e o bolso (e a saúde dos fios), agradecem.

  18. Fatima disse:

    Será que alguém me responde rápido? eu adoro Henna apesar da dificuldade de passar mas uso ela bem liquida, uso luvas, toucas, uma blusa escura, reservada só pra isso,lenço pra segurar a touca e ficar com aparência melhor…kkk durante 2 horas pq sempre pode chegar alguém pra te visitar neh…kkkk…faz uns 10 anos que uso. Só que hoje meus cabos estão com mais de 50% brancos e sou loira e noto que meu cabelo fica amarelo, será que se eu misturar na Henna uma gota de Violeta Genciana, poder dar bom resultado? Alguem me ajuda rapido!!! Tenho alergia a tintas com agua oxigênada.. bjos

  19. Tessa disse:

    Seu relato é a prova de que a henna é boa mesmo, pois não houve nem uma etapa (no processo que você descreveu) que fosse correta, e mesmo assim a cor pegou.
    Primeiro que as pessoas usam uma quantidade maior do produto por um motivo, que é para ter maior fixação e um resultado melhor e mais escuro da henna. A primeira aplicação não prestou pois vc usou pouco demais. Segundo que usar muita água também diminui a quantia de pigmento que vai pegar. Quem usa muita agua geralmente é porque quer um cobre bem leve e laranjinha bem claro. Terceiro que não precisa fazer misturas mirabolantes ou colocar um monte de coisa (isso vai do gosto de cada um ) porém é necessário usar algo ácido na mistura, como vinagre ou limão, pois ajuda a soltar o pigmento e ao pigmento pregar e ficar mais no cabelo. Quarto que não se passa a mistura com flocos separados. Primeiro que se espera algumas horas, para que a mistura solte pigmento. Algumas pessoas esperam até 10 horas. E segundo que se deve misturar até que os flocos tenham dissolvido (o que fica mais fácil depois do tempo que deixou a mistura aguardando um tempo.
    Continuando… Não se usa nenhum objeto metálico na mistura (isso não sei se vc fez). Coisas como bepantol devem ser deixadas pra um momento de hidratação e não para a hora da coloração, para não atrapalhar o resultado.
    Não se usa shampoo depois de tirar a henna. Mesmo que seja difícil tirar o pozinho, pois a henna não terminou de fixar no cabelo 100% e o shampoo pode tirar boa parte dela. É bom lavar só com água e condicionador e aguardar uns dias antes de lavar com shampoo. E a henna muda de cor por volta de uma semana ou 15 dias, pois a cor oxida e fica como será o resultado final.
    Não se usa secador e nem chapinha até que a cor tenha oxidado.
    A henna primeiramente para tingir (sem os produtos químicos que causam alergias e reações muito fortes e danos aos cabelos). Quanto a hidratação é algo secundário e pouco importante, já que o principal é tingir. Pra hidratar existem milhares de outros produtos mesmo.

  20. Eu nunca usei Henna porque temo ficar com os cabelos vermelhos, mas já ouvi falarem muito bem da marca Surya.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s