Comparação entre hidratantes de banho

Nota:
Eu fiz esse post comparando os hidratantes de banho Leite e Mel, do Boticário, e o Todo Dia Orquídea, da Natura. Depois que escrevi ele, fui pesquisar na internet e descobri que o do Boticário não existe mais, foi substituído por um da linha Egeo Dolce. Não sei se tem diferença na fórmula além da fragrância (eu lembro que o Leite e Mel era mais consistente que o da Linha Fun Iogurte, ambos do Boticário), mas a diferença não deve ser muito grande.

***************************************

Hidratantes de banho, para quem ainda não sabe, são produtos hidratantes para serem passados no corpo durante o banho e enxaguados. É mais ou menos como os óleos de banho: você passa e enxágua, mas, ao invés de óleo, é um creme com toque oleoso.

Não sei de muitas marcas no mercado nacional que comercializem esse produto, das que me vêm à cabeça, tem O Boticário, Natura e Dermage. Tem um da Éh, mas até onde me lembre, constava na embalagem que você tinha que passar durante o banho e, ao invés de enxaguar, retirar delicadamente com a toalha, procedimento diferente dos demais e que eu acho uma lambança com a toalha e pouco prático.

Não me orgulho, mas vou confessar que tenho preguiça de passar hidratante. Não gosto de me lambuzar com creme e ficar esperando a absorção para poder me vestir. No calorzão parece que não seca nunca por causa da transpiração pós banho. No inverno, para mim, que sou friorenta, o tempo de absorção parece uma eternidade. Então, para mim, esses hidratantes de banho vieram bem a calhar.

Só testei os da Natura, linha Todo Dia Orquídea, e Boticário, Linha Fun Iogurte (edição limitada) e Leite e Mel. Nenhum deles tem o mesmo poder de hidratação de um bom hidratante tradicional, mas é possível constatar que eles deixam um filme na pele e que dá uma hidratada leve. Para quem tem preguiça de usar hidratante, para situações em que dá preguiça de usar hidratante ou para quem tem problema com hidratante e acha todos melequentos, acho uma boa opção.

Hidratante de Banho Natura Todo Dia Orquídea

Hidratante de Banho Leite e Mel, O Boticário

Com relação à apresentação, o da Natura é mais parecido com um líquido. Eu gostei por ser ser mais fácil de retirar da embalagem e aplicar, mas foi um sério problema quando a embalagem caiu, a tampa quebrou e, de uma só vez, perdi 1/4 da embalagem porque o produto escorre muito fácil. O do Boticário é mais denso, e sempre me desagradou nesse Leite e Mel a dificuldade de retirar produto da embalagem (com o da Linha Fun era mais fácil). Sério, é chato ter que ficar fazendo força até sair a quantidade que eu queria. Não custava nada aumentarem um pouquinho o buraco da embalagem, espero que tenha corrigido essa questão na nova versão Egeo Dolce, que tem embalagem diferente (e fórmula diferente?). Sem falar que, quando não saía mais produto apertando, você cortava a embalagem e ainda tinha bastante produto.

Consistência: à esquerda, o hidratante do Boticário, à direita, o da Natura.

Comigo, a Natura ganhou pontinhos por ter mais opções de fragrâncias; se antes era restrito às edições limitadas, agora pode ser encontrada em várias linhas fixas, tem para todos os gostos. Esse Leite e Mel do Boticário tinha um cheirinho bem suave e neutro, agora que saiu de linha e só sobrou o com cheiro do Egeo Dolce (que, apesar de ser a fragrância mais vendida deles, me desagrada), dificilmente eu me animaria a comprá-lo.

Na internet, as opiniões sobre os hidratantes de banho Natura e Boticário divergem. Tem quem adore o da Natura, tem quem ache que o do Boticário é melhor por ser mais consistente (eu sou contra dar opinão de eficiência de produto baseado em aspecto físico), não acho que dá para chegar a uma conclusão muito confiável pelas resenhas. Eu mesma, após testar o da Natura pela primeira vez achei ele melhor que o do Boticário, mas não tinha tanta certeza para afirmar isso no blog. O que eu fiz? Passei uma semana usando os dois hidratantes simultaneamente, um de cada lado do corpo, que é para não ter erro de julgamento.

Sinceramente? Não vi diferença entre eles com relação à hidratação proporcionada. Eu juro que procurei, mas quando achava era algo tão sutil que poderia ser imaginação minha. Fiz a análise imediatamente após o banho e algum tempo depois do banho, para mim, se comportam de modo praticamente igual.

Eu acho que pode dar diferença (mínima) no resultado:

– a quantidade de produto que você aplica (até certo ponto);
– se espalha e massageia bem antes de enxaguar;
– intensidade do enxágue: se só deixa água escorrendo e dá uma leve esfregada, ou enxágua direito, esfregando bem.

Talvez algumas pessoas tenha achado que o do Boticário era melhor porque o da Natura é mais líquido e o enxágue é mais fácil. Mas mesmo assim, enxaguando os dois normalmente (dou uma leve esfregada para eliminar o excesso), eu não notei diferença entre eles.

Quando acabarem os dois, eu provavelmente voltarei a comprar um da Natura por ter mais opções de cheiros e porque a textura me agradou mais, pura questão de gosto pessoal. Mas não acho que exista uma grande vantagem de um sobre o outro, francamente.

Ah, o do Boticário vinha com 200g e custava R$24,90 (supondo fórmula semelhante, o Egeo Dolce vem com 250g e custa R$27,99), os da Natura vêm com 300 mL e custam R$25,30.

A Natura também tem um “Banho de Leite Hidratante de Castanha” cuja proposta é similar à dos hidratantes de banho, mas, pelo que eu entendi, com a textura mais líquida ainda. Parece interessante.

Atualização (12/06/2112):  A Meire, do blog Salada médica testou aquele da Éh!, que eu comentei neste post. A resenha dela pode ser vista neste post. Ela confirma que o modo de uso dele não vai enxágue mesmo, e mostra uma curiosidade que eu não tinha reparado: a fórmula desses enxaguáveis é rica em manteigas e óleos,  já o da Éh! é mais rico em silicones e com menor teor de óleos na composição.

Anúncios

Sobre Vanessa

Engenheira química, paulista, 27 anos, apaixonada por cosméticos e maquiagens. Acredita que conhecimento nunca é demais e que as pessoas deveriam ser mais críticas com as informações que recebem.
Esse post foi publicado em hidratante e marcado , , , . Guardar link permanente.

7 respostas para Comparação entre hidratantes de banho

  1. karina fukuda disse:

    Eu usei o hidratante de banho da Natura na versão Cereja e Avelã, que tem um cheiro maravilhoso. No início, fiz como mandava a embalagem. Espalhava durante o banho, e enxaguava levemente. Entretanto, percebi que principalmente a região das pernas ainda necessitava de hidratação, e resolvi alterar a aplicação. Comecei a usar como um hidratante comum, sem enxágue e, por incrível que pareça, não melecou! Na verdade, foi até melhor, porque o cheirinho durou muito mais tempo. O problema é que essa edição de inverno Cereja e Avelã não é mais vendida..

  2. Vanessa disse:

    Mas, se for para usar sem enxágue, não é melhor usar logo o tradicional? Ou é uma maneira de acabar logo com "produto ruim"?E ele acaba sendo absorvido com o tempo mesmo sendo tão oleoso?Esse Cereja e Avelã já foi e voltou uma vez, provavelmente vai voltar de novo na edição de inverno, dado o sucesso.

  3. Dani disse:

    Não consigo usar esse tipo de produto que meleca o banheiro todo. huehuehuehAinda prefiro os tradicionais.

  4. Vanessa disse:

    Oi Dani, não acho que esses daí melecam o banheiro, acho mais tranquilos de usar do que óleos de banho.

  5. karina fukuda disse:

    Foi uma maneira de gastar logo o produto, e tb para aproveitá-lo melhor!

  6. yoyoiaia disse:

    Olá Vanessa, gosto muito do seu blog e das suas experiências e opiniões científicas para leigos. Ultimamente tenho me empenhado em observar a composição dos produtos que utilizo, mas tenho enfrentado alguns desafios – a dificuldade com a química orgânica me persegue desde os tempos de colégio. Por hora, pesquiso sobre os famigerados parabenos, sem muito sucesso. Me interessei pelo assunto depois de perceber a presença dos compostos methylparaben e propylparaben em um hidratante e anti-idade corporal querido (chamado Amlactin) e qual não foi minha surpresa ao encontrar esses mesmos ingredientes na fórmula do bepantol derma solução! Você poderia me indicar algumas fontes de ciência traduzida (rs) sobre esse assunto? Até o momento os textos que encontrei desaconselhando o uso do produto não me pareceram confiáveis. Se tiver interesse em falar sobre o tema, seria melhor ainda. Obrigada

  7. Vanessa disse:

    Oi yoyoiaia,

    realmente, em português é um pouco mais difícil de encontrar textos de quem tenha realmente analisado as pesquisas (não só lendo as conclusões, mas com capacidade de analisar se a metodologia científica foi adequada e se os resultados são pertinente às concentrações praticadas na indústria) ao invés de só replicar informações. Acho que os textos abaixo podem ajudar:

    http://www.cosmeticaemfoco.com.br/2012/10/parabenos-mitos-e-verdades_30.html

    http://www.cosmeticaemfoco.com.br/2008/02/o-problema-com-os-parabenos.html

    Minha opinião pessoal: a não ser que a pessoa possua alergia a tais ingredientes, não vejo problemas no uso destes ingredientes.

    Beijos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s