Tirando fotos 3×4 decentes

Até um gato sai em foto 3×4 melhor do que eu.

Há alguns dias atrás, me deparei com a seguinte situação: precisava tirar um documento e eram requeridas duas fotos 3×4, sendo que, além de só ter uma disponível, eu queria guardá-la, já que foi a mais decente que já tirei na vida.

O problema é que eu estava em período de recuperação de uma alergia no rosto. Alguns dias antes, tive alergia (não consegui identificar o agente causador) e o resultado foi: região ao redor da boca, nariz e entre as sobrancelhas inchada e com prurido. Como era impossível não coçar no primeiro dia, ficaram várias marcas vermelhas. Além disso, depois que desinchou, a pele começou a descascar loucamente, bem inconveniente.

Como a pele estava bem sensibilizada, acabei mudando a rotina de limpeza do rosto, o que resultou em algumas espinhas dias depois. Se em situações normais a foto já sai um horror, imagine agora, com vermelhidão em boa parte do rosto e várias espinhas.

Ok, eu poderia meter maquiagem na cara e ir tirar a foto. Mas a maquiagem necessária para cobrir tudo e dar dignidade à minha foto deixaria a pele um baita reboco. Isso não é problema para a foto, já que fotos 3×4 não permitem tanta definição e o excesso não seria perceptível. Mas eu também não tinha coragem de sair na rua com aquele reboco, sabe?

Mesmo em situações normais, eu acredito que aquele flash ou iluminação forte, que muitos deles usam, acaba realçando qualquer problema que você tiver. E eles sempre tiram duas fotos e mandam você escolher a menos pior, meio inútil já que as duas costumam sair quase iguais. Eu sempre saía com cara de drogada ou entediada (mesmo tentando forçar um sorrisinho).

Como o documento que eu ia tirar é daqueles eternos, que a foto saísse no mínimo razoável, não um horror. Solução encontrada: tirar a foto em casa. Para ajudar, usei a câmera profissional do meu namorado.

Vantagens:

  • Você poder usar o tanto de maquiagem necessária, inclusive em quantidade que você não usa normalmente.
  • Dá para aproveitar a iluminação natural ou trabalhar melhor a luz de modo a realçar menos as imperfeições.
  • Você tira quantas fotos forem necessárias até sair alguma decente
  • Se alguma coisa desagradar, dá para usar o photoshop para pequenos reparos. Excesso de alteração digital não é recomendável para fotos de documento.
  • É econômico: imprimindo em 10x15cm, você tem 10 fotos 3×4 pelo preço de uma impressão.

Após tirar a foto desejada, tem que dar um jeito de editá-la para que saia no tamanho 10×15. Isso eu não vou ensinar, já que tem um monte de tutorial por aí (texto e vídeo) e usando os mais diversos tipos de programas. É só jogar “foto 3×4 casa” no google que aparece um monte de coisa.

O resultado foi esse:

3606078422957

Sem espinhas, sem vermelhidão, sem cara de drogada. Dá para perceber que não ficou uniforme, principalmente na região mais crítica que era o queixo, mas para mim está ótimo dada a situação em que se encontrava. Tem uma tonelada de base e corretivo aí, e o photoshop foi utilizado apenas para ocultar espinhas, manchas e escurecer as sobrancelhas, já que a base deu uma apagada nelas e eu só percebi depois.

Há quem diga que toda alteração em foto de documento é condenável, mas se eu passo a maior parte do tempo sem essas espinhas e manchas, não vejo porque eternizá-las na foto de um documento. E também não vejo diferença entre apagar espinha digitalmente e com maquiagem.Para quem estava cansado de sair mal em fotos de documento, eis a solução.

Anúncios

Sobre Vanessa

Engenheira química, paulista, 27 anos, apaixonada por cosméticos e maquiagens. Acredita que conhecimento nunca é demais e que as pessoas deveriam ser mais críticas com as informações que recebem.
Esse post foi publicado em utilidade pública e marcado . Guardar link permanente.

13 respostas para Tirando fotos 3×4 decentes

  1. Ana disse:

    pena que cá em portugal não podemos fazer isso, a foto é tirada por uma máquina própria na altura em que se faz o documento. resultado: tenho cartão de cidadão em que estou com cara de peixe, olhos estranhos e cabeça com forma esquisita. a pior foto de sempre, imensa vergonha cada vez que tenho de mostrar o cartão.mas enfim, tudo o resto eu também faço assim, tiro em casa e imprimo, especialmente porque aqui cobram 5€ por 4 fotos, quando posso fazer uma impressão por 0,20€, depois queixam-se que casas de fotografia estão a fechar…

  2. Ana disse:

    P.S.: não se nota nada que a pele estava em mau estado nesse dia, a foto ficou optima

  3. Vanessa disse:

    Um problema de algumas dessas máquinas próprias é que tiram a foto muito perto, deforma mesmo. E nem segunda chance você tem né?Cada vez que ia tirar essas fotos, me dava uma dor no bolso pagar por aquela foto horrorosa. Bem melhor fazer em casa, é garantia de foto boa e economia.

  4. Vanessa disse:

    Obrigada! Parece tão surreal alguém dizer que sua foto 3×4 ficou ótima, hehe. O milagre se deu pela maquiagem mesmo, não ia ter photoshop que desse um jeito na pele no estado em que estava.

  5. Lélen Pink disse:

    Olá Vanessa,gostei muito desta sua dica,minhas fotos 3X4 sempre saem feias,cara de defunto,kkkNossa a sua ficou ótima,parabénsquando eu tiver uma câmera boa vou tentar tbm=D

  6. Vanessa disse:

    Oi Lélen, não precisa ser com câmera profissional, minha amiga faz com câmera dessas normais e fica bom também. Tem que tomar cuidado com o flash embutido que, em alguns casos, é muito forte. Nesse caso, tem usar uma boa iluminação para não depender dele.

  7. Olá… sempre leio seu blog, mas acho que é a primeira vez que comento. Concordo plenamente com você na sua declaração sobre a efemeridade das espinhas… uma espinha dura no máximo uma semana e depois some, então por que é que eu vou eternizá-la em um foto, qualquer que seja? 10×15, 3×4 ou poster, não importa: eu apago todas as minhas espinhas insolentes no Photoshop, sim… e picadas de mosquito também. E arranhões. E mancha de comida na roupa. Eternizar defeitos temporários é gostar de sofrer… rs. Abraços!

  8. Vanessa disse:

    Concordo com o "eternizar esses probleminhas temporários é gostar de sofrer". Photoshop tipo capa de revista é exagero, mas para pequenos detalhes, por que não? 🙂

  9. karina fukuda disse:

    Adoreeei!!! Mas eu nunca consigo apagar o background, as minhas fotos ficam com sombra atrás da cabeça! Não sei usar direito o Photoshop..

  10. Vanessa disse:

    Karina, talvez dê para alterar o fundo (meu amadorismo não me permite isso), mas nessa foto aí não foi necessário. Para não ficar com a sombra atrás da cabeça, a gente tentou aproveitar a iluminação natural (essa foto foi feita na parede da garagem).Se você não sabe mexer no photoshop, imagine eu. O que eu sei fazer foi você que me ensinou naquela aulinha express de anos atrás…

  11. karina fukuda disse:

    Eu tb tento aproveitar a luz, então enquanto eu posso para a foto, o dario segura a luminária em uma mão e a câmera na outra!

  12. mariah disse:

    Eitá! que foto 3/4 é um tormento, nunca parece que sou eu na foto!kkkkkkkk

  13. Vanessa disse:

    Tormento define bem a situação :)Tirar foto 3×4 por aí e sair bem é praticamente ganhar na loteria…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s