Sobre aquela notícia da mulher que não retirou a maquiagem por 1 mês e viu a pele envelhecer 10 anos.

A notícia é “velha” (29 de Julho) e já foi bem divulgada por aí, mas, ainda assim, achei interessante tomar umas notas sobre o assunto. Caso você não saiba de que se trata, resumidamente, foi o seguinte: uma jornalista resolveu fazer uma experiência e ficou 1 mês sem remover a maquiagem antes de dormir para ver o que acontecia, limpando o rosto somente na manhã do dia seguinte sem nenhum produto específico para remoção de maquiagem. Foi feito um acompanhamento do antes e depois com uma equipe especializada e chegaram à conclusão de que, durante o experimento, a pele dela teria sofrido danos equivalentes a envelhecer 10 anos. Ela contou sua experiência em um artigo publicado no jornal britânico Daily Mail.

As fotos do antes e depois amplamente divulgadas foram as seguintes:

Danosnão retirada de maquiagem

Antes da experiência (esquerda) e após (direita).

O relato da jornalista pode ser lido aqui: What sleeping in your make-up does to your skin: Our shocking experiment exposes what happens when you don’t cleanse before bed

Tal matéria foi divulgada em diversos sites em português, creio que a maioria dos brasileiros obtiveram a informação por meio de um deles e não chegaram a dar uma lida completa no material original (suponho isso, já que muita gente não sabe ou tem preguiça de ler em inglês). Nessa de só ler o material que falava do material divulgado em outro lugar, muita informação se perdeu por preguiça dos “jornalistas” na hora de filtrar todas as informações relevantes e também pela ausência de link para a fonte. Devido à essa deficiência de informação, alguns tipos de comentários foram tão recorrentes que achei que seria interessante comentar a respeito.

– Ela deve ter utilizado maquiagem baratinha, maquiagem boa até trata a pele.

Foram utilizados os seguintes produtos: base Max Factor, máscara de cílios Diorshow e gloss Guerlain, não acho que se encaixem na categoria maquiagem baratinha e vagabunda. Mesmo maquiagens de boa qualidade e/ou que prometem tratar a pele devem ser retiradas diariamente. Ignorem a propaganda da Assepxia que diz que não precisa retirar a maquiagem da marca porque ela está tratando a pele.

– Matéria mentirosa e sensacionalista, na primeira foto ela está de maquiagem.

Ok, ela está com alguma maquiagem na primeira foto e seria mais interessante para averiguar os resultados se ela estivesse sem, mas as conclusões não foram feitas apenas por foto. Não vi nenhuma das matérias em português mencionando, mas a questão do envelhecimento não foi estimada apenas por simples análise visual a olho nu. Antes do início e ao final do experimento, foram feitas análises da pele usando uma câmera especial que permite observar a pele com uma riqueza de detalhes e que permitiram mensurar diversos aspectos como hidratação em diferentes pontos da pele, profundidade das rugas e tamanho dos poros. Constatou-se a piora em todos esses aspectos.

– O que ela teve não foi envelhecimento, foi só dermatite.

Na matéria original, não foi omitida essa informação. É mencionada a questão de que a jornalista possui pele sensível e que a maquiagem não retirada corretamente pode ter um efeito oclusivo, deixando possíveis componentes irritantes por mais tempo em contato com a pele e ampliando a possibilidade de reações alérgicas. Se eu entendi direito, ela usou a mesma maquiagem a que estava acostumada, e as reações alérgicas só aconteceram por causa da não remoção da maquiagem, então, tal problema não deixa de ser resultante das condições a que foi submetida durante a experiência. Além disso, como mencionado anteriormente, a estimativa do grau de envelhecimento não foi feita apenas pela análise visual a olho nu.

– Mentira, já dormi com maquiagem e minha pele não ficou assim.

Não dá para comparar casos esporádicos com a experiência de ficar um mês seguido cometendo o mesmo erro. Seria como comparar alguém que come fast-food todo dia com alguém que tem uma dieta equilibrada e de vez em quando se dá ao luxo de comer fast-food. Acho que o ponto principal é: não abuse.

– Parem de usar maquiagem, faz mal!

O que faz mal não é o uso de maquiagem em si, mas não retirá-la completamente antes de dormir e realizar isso durante um período prolongado de tempo. Aplicar diariamente uma nova camada de maquiagem sobre a pele limpa e que passou a noite toda “respirando” e se renovando é diferente de aplicar uma nova camada de maquiagem sobre os restos da maquiagem utilizada no dia anterior. Além do acúmulo de produto na pele ter efeito oclusivo e favorecer o entupimento dos poros, impurezas podem aderir à maquiagem e a permanência delas sobre a pele por vários dias podem ocasionar efeitos negativos, como ressecamento e alergia. A remoção adequada da maquiagem diariamente inibe esses problemas.

No caso, a jornalista fez algo bem extremo: dormia com toda a maquiagem e o máximo que fazia era lavar o rosto só com sabonete durante o banho na manhã do dia seguinte, rotina que durou 30 dias. E ela fez coisas que ninguém faria na vida real creio eu, como aplicar uma nova camada de rímel todo dia mesmo vendo os vestígios de rímel dos dias anteriores se aglomerando. Além do fator “maquiagem não removida”, há de se somar também a redução na frequência de limpeza e hidratação da pele, que de duas vezes por dia, passaram a ser feitas apenas uma vez ao dia.

Resumindo: pode continuar a usar sua maquiagem tranquilamente, mas evite cometer os dois pecados praticados pela jornalista em sua experiência, ou seja: ir dormir sem realizar a limpeza da pele e não realizar a correta remoção da maquiagem, vulgo, ignorando o demaquilante adequado. Como é improvável que na vida real alguém faça como a jornalista, que cometeu os dois erros todos os dias por um mês inteiro, os resultados do desleixo a curto prazo certamente não serão tão perceptíveis quanto na experiência dela, mas convém lembrar que os pequenos danos acumulados a longo prazo podem ser cruéis e é mais fácil prevenir do que remediar (e no caso do envelhecimento, isso não é uma tarefa fácil).

Anúncios

Sobre Vanessa

Engenheira química, paulista, 27 anos, apaixonada por cosméticos e maquiagens. Acredita que conhecimento nunca é demais e que as pessoas deveriam ser mais críticas com as informações que recebem.
Esse post foi publicado em limpeza e marcado , . Guardar link permanente.

10 respostas para Sobre aquela notícia da mulher que não retirou a maquiagem por 1 mês e viu a pele envelhecer 10 anos.

  1. Renata Rocha disse:

    Confesso que já cometi algumas vezes o pecado de deixar a preguiça pós-festa vencer e dormir maquiada, mas todas as vezes veio o castigo em forma de espinha. Agora aprendi a lição e a primeira coisa que faço ao chegar em casa é ir pro banheiro limpar minha pele 🙂

    Beijos,
    Rê.

  2. Mah disse:

    Eu acho que a maioria das pessoas não cuidam da pele direito. Tanto que andando na rua a gente vê muita gente com a pele maltratada.
    De um lado tem a desinformação da pessoa, que muitas vezes acha que o sabonete da conta do recado e o resto é frescura (minha mãe acha isso), tem demaquilante que não retira todo tipo de maquiagem, tem pessoa que acha que só porque não está mais vendo a maquiagem lá, acha que a pele está limpa.
    A industria tem culpa nisso, a maquiagem não vem com informação de como deve ser removida, quais os riscos de não remover, etc, mas acho que as pessoas deveriam se interessar mais para cuidar do próprio rosto.

  3. Vanessa disse:

    Oi Renata!
    Eu já cometi esse erro de dormir com maquiagem algumas vezes também, é certeza de espinha no dia seguinte. O que você faz acho que é o ideal, limpar assim que chegar em casa para deixa a pele livre o maior tempo possível.
    Mas tem gente que só lava o rosto com sabonete (sem demaquilante) e o dano não é tão imediato, acho que aí reside um problema a longo prazo.
    Beijos!

  4. Vanessa disse:

    Oi Mah,
    para mim, a maior prova de que o pessoal não sabe limpar a pele direito é o tanto de gente que diz que gosta de usar tônico depois de lavar o rosto para remover a sujeira que restou. Se você realiza a limpeza corretamente, não é para sair um monte de sujeira no algodão, se acontece isso, tem alguma coisa errada em sua rotina.
    Acho que a questão não é cada cosmético ter uma instrução, a premissa é que se você usa maquiagem, tem que usar demaquilante e a informação adicional que eu julgo necessária seria apenas se é ou não resistente à água, requerindo demaquilante específico.
    Acho que o ideal seria ensinarem a rotina de cuidado da pele incluindo a etapa de remoção de maquiagem, a maioria dos lugares só ensina o básico como “limpar (=sabão), tonificar e hidratar”.
    Às vezes também vejo falta de interesse das pessoas comrelação aos cuidados com a pele, já cheguei a ler gente reclamando de pressão para que as pessoas usem produtos como demaquilante e protetor solar como se o uso correto e constante deles fosse algo desnecessário, invenção dos malvados capitalistas da indústria de cosméticos para lucrarem mais, sério.

  5. Mah disse:

    Acho que um dos problemas do nosso país é econômico, as pessoas querem economizar aonde não devem. Se elas tem um esfoliante para o rosto querem utilizar eles para esfolia, limpar, remover maquiagem, passar roupa, cuidar dos filhos. Eu concordo que a rotina de cuidado com pele é cara, mas não dá para inventar muitas alternativas aí.
    Eu ainda acho que aqui no brasil as coisas tem que ser explicitas, de preferencia desenhadas, eu lembro quando começou a se falar de protetores japoneses e principalmente o Pedro falava se precisava ou não ser removido com produto especifico sempre tinha alguém que vinha com algum produto e perguntava se dava para tirar, de tônico adstringente, shampoo Johnsons , sabonete facial e esfoliante, mesmo tendo alguém falando “É isso que tira”.
    Eu também vejo muita gente falando que protetor e demaquilante é besteira, que é tudo picuinha de médico, laboratório e empresas para lucrarem mais, eu até já pensei assim, mas vi diferença enorme quando comecei a usar protetor solar e limpar a pele todos os dias. É questão de educação, as pessoas não tem esse costume e não passam isso para os filhos.

  6. Vanessa disse:

    Oi Mah,

    Falta muita educação do brasileiro com relação a tudo, cuidados com a pele não fica fora disso. É triste esse negócio de que tudo tem que ser bem desenhadinho para as pessoas entenderem. Como você disse, brasileiro economiza onde não deve. Acha frescura alguns tipos de cuidados que nem saem assim tão caro, prefere gastar com tratamentos corretivos e agressivos quando a situação já está agravada.

    Outro problema dos brasileiros é a fobia de produtos oleosos (estou até trabalhando num post a respeito, mas o texto ficou grande demais e estou pensando o que fazer com ele). Se as pessoas usassem óleos de limpeza ou demaquilante oleoso e depois fizessem a lavagem normal, esse combo removeria qualquer tipo de maquiagem ou produto (como protetor) que tenham colocado na cara, seja resistente ou não à água. E isso não aumentaria em nada a oleosidade da pele ou ocorrência de espinhas, pelo contrário, até traria benefícios. Porém, com essa fobia de produtos oleosos, insistem em produtos que não removem direito ou tem outra função.

    É pra chorar mesmo ver esse pessoal que acha que esfoliante e tônico têm função de limpeza ou que sabonete/xampu de bebê é limpador universal. Fico imaginando a pessoa usando esfoliante todo santo dia para retirar o protetor, é muita falta de noção.

  7. Dani disse:

    Depois que eu descobri a limpeza com óleo (e minha pele é oleosa), minha pele mudou completamente.
    Ficou mais viçosa, com poros menores e bem mais limpa. O que tenho reparado é que o uso constante de máscara waterproof tem acabado com meus cílios, mesmo retirando tudo todo dia. 😦
    Sempre que durmo com maquiagem amanheço com espinhas. E se limpo mal, no outro dia vejo o estrago.
    Muito bom esse post, porque colocar culpa em maquiagem baratinha é fogo!

  8. Vanessa disse:

    Oi Dani!
    Nesses sites brasileiros, não tinha um em que não aparecesse alguém questionando a qualidade da maquiagem falando que deve ser vagabunda, provavelmente chinesa, e aparecessem pessoas apoiando esse questionamento. Vulgo, é lamentável, mas tem muita gente que realmente acredita nisso.
    Óleo na limpeza da pele é uma beleza, pena que o preconceito (inclusive dos dermatologistas daqui) impede as pessoas de desfrutarem melhor dessa opção. Se eu tivesse uma empresa de cosméticos no Brasil ia tentar lançar algum produto do gênero e fazer ampla divulgação nos blogs. Não tem concorrência nacional e quem começa a usar e sente os benefícios costuma virar cliente fiel deste tipo de produto.
    Beijos!

  9. Renata Rocha disse:

    Vanessa, concordo com você! Lavar com sabonete pode até retirar a sujeira e a maquiagem aparente, mas deixa muitos resíduos, que com o tempo podem causar acne, envelhecimento precoce, etc. Melhor cuidar direitinho para evitar os problemas do que ter que tratá-los mais tarde.

  10. Adriana Prado disse:

    Eu vi este notícia em apenas um blog. De imediato, tentei ver o envelhecimento, só vi dermatite. Pensei em buscar informação em sites mas acabei me esquecendo.
    Obrigada por expor melhor aqui.
    Beijo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s